Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Ensino > Curso de Aperfeiçoamento e Visita > Médico > Protocolo para Anestesiologia
Início do conteúdo da página

Protocolo para Curso de Treinamento e Aperfeiçoamento em Anestesia Regional

SERMED/INTO-MS

Duração:

Em turnos de 12 horas diurnas, de segunda a sexta-feira, com cargas horárias mínimas de:

  • 240 horas, para médicos de 2º ano de Residência;
  • 120 horas, para médicos de 3º ano de Residência;
  • 60 horas, para médicos especialistas em Anestesiologia.


Inscrição:

  • Solicitar, por escrito, com antecedência de, no mínimo, 2 semanas (15 dias).
  • Informar área desejável.


Documentos Necessários:

Cópias:

  1. Identidade, CPF, Currículo, 02 fotos 3x4 iguais e recentes, Inscrição no Conselho Estadual e Comprovante de Pagamento da Anuidade do Conselho;
  2. Comprovante do Seguro de Acidentes Pessoais, com vigência que inclua o período da visita (para período superior a uma semana);
  3. Requerimento, Termo de Compromisso e Cadastro (preenchidos no Serviço).

 

Requisito:

  • Apresentar carta de apresentação da Sociedade a que pertence ou da Instituição que trabalha. O visitante só terá acesso aos serviços especializados devidamente autorizado e acompanhado por profissional do Into credenciado pela Coordenação de Ensino e Pesquisa.


Direitos:

  • Observar as condutas e procedimentos realizados na instituição;
  • Assistir as sessões e reuniões científicas.
  • Não é permitido ao visitante fazer parte da equipe no campo operatório.


Objetivos:

  • Capacitar médicos das áreas de Anestesiologia e Dor para realização e condução de anestesia regional, basicamente aplicada à cirurgia ortopédica, com finalidade de anestesia cirúrgica ou visando a analgesia pós-operatória.


Descrição:

  • Sob orientação e supervisão direta dos staffs do serviço, os alunos participarão da realização de procedimentos anestésicos regionais, sejam técnicas aplicadas no neuroeixo ou em nervos periféricos.
  • Será disponibilizado material didático abordando aspectos teóricos de interesse sobre anestesia regional, com destaque na anestesia regional periférica.


Clientela:

  • Médicos a partir do segundo ano de residência, das áreas de Anestesiologia ou Dor.


Vagas:

  • Oito (08).


Deveres:

  • Preservar as normas ético-profissionais; 
  •  Usar obrigatoriamente o crachá e devolvê-lo ao término do período;
  •  Não é permitido ao visitante emitir qualquer documento;
  •  Usar o uniforme completo (calça comprida/saia/jaleco, camisa, e/ou guarda pó, sapato);
  •  Dar prioridade aos membros do corpo clínico, residentes ou alunos em todos os procedimentos realizados na instituição;
  •  Ao visitante cabe apenas observar o ato cirúrgico fora do campo operatório;
  •  Cabe ao visitante que permanecer por período inferior a uma semana contratar, se for de seu interesse, seguro de acidentes pessoais para a visita.

Conclusão:

  • Ao término do período proposto será fornecido, mediante requerimento, declaração constando a carga horária desenvolvida no Programa.

Obs.: A declaração somente será fornecida após devolução do crachá.

 

Fim do conteúdo da página